05 novembro 2007

Porto empatou...Recorde fica para a próxima!

Num jogo que se adivinhava complicado o Porto cedeu o seu primeiro empate no presente campeonato frente aos azuis do Restelo. O Porto sem Bosingwa no onze titular a recuperar de lesão, e já com Paulo Assunção que descansou contra o Leixões mostrou-se uma equipa cansada e já a pensar no jogo da Liga dos Campeões. Pelo contrário, o Belenenses apresentou-se no Estádio do Dragão com uma equipa personalizada, muito à imagem do seu treinador e com a nítida intenção de roubar os primeiros pontos ao líder do campeonato. Jorge Jesus, uma vez mais, montou a sua equipa para se bater de igual para igual e teve sucesso. Rúben Amorim ia travando as investidas do meio campo portista enquanto Zé Pedro e Silas rapidamente se lançavam no contra ataque abrindo brechas na defesa portista, onde o endiabrado Roncatto ia dando que fazer aos centrais Bruno Alves e Stepanov.
Pese embora a teia montada por Jorge Jesus, o Porto como em outros jogos entrou fortíssimo. Postiga foi pela primeira vez foi titular esta época, e numa jogada em que Paulo Assunção recupera uma bola perto da grande área do Belenenses em posição de fora de jogo remata para golo, com Costinha mal batido e com culpas para o árbitro assistente que deveria ter assinalado o fora de jogo.
Lucho lesionar-se-ia logo a seguir e o Porto quebrou, perdeu o tino a meio campo e Leandro Lima que entrou para o substituir ia perdendo bolas e oportunidades de se mostrar a Jesualdo e ao "Tribunal das Antas". O Belenenses ia crescendo e criando perigo perto da baliza de Helton até que ao abrir a segunda parte Evandro Roncatto foge às marcações e solta para Zé Pedro que ultrapassa Marek Cech e remata para o fundo das redes perante a saída de Helton.
Com o empate o Porto sente novamente necessidade de pegar no jogo, e Jesualdo retira do jogo Leandro Lima para colocar Tarik, uma opção que se compreende dado o fraco rendimento do criativo brasileiro. O Belenenses ia descendo e dando a iniciativa ao Porto, mas sempre espreitando as saídas rápidas para o contra ataque.
O resultado não iria sofrer alteração e o Porto perdia os seus primeiros pontos no campeonato, vendo o Benfica e Sporting aproximarem-se na classificação, e Lucho em dúvida para o jogo da Champions.

Sem comentários: