19 dezembro 2008

Colchoneros para estrear...na Champions!

Não, não é a primeira vez que o Porto defronta uma eliminatória da UEFA com o Atlético, mas é a primeira vez que os defronta na Champions League. Curiosamente os dragões já se cruzaram com o clube espanhol, decorria a longinqua época de 1963/64 e as duas equipas defrontaram-se na primeira ronda da Taça UEFA. Os espanhóis venceram em casa por 2-1, e depois empataram no Porto a zero, garantindo assim a passagem. Seriam eliminados na ronda seguinte pela Juventus. Actualmente e depois de sete temporadas arredados das competições europeias, os "colchoneros" garantiram em 2007 a qualificação para a Taça Uefa via Intertoto. Esta época e em virtude do 4º lugar alcançado na Liga Espanhola entraram finalmente na Liga dos Campeões, depois de assegurada a qualificação, frente ao nosso bem conhecido Schalke 04 ( 0-1 e 4-0), na 3ª pré-eliminatória. Na fase de grupos, ditou o sorteio que ficariam no Grupo D, com Liverpool, Marselha e PSV. Inicialmente poder-se-ia pensar que o Atlético se iria bater com Marselha e PSV pelo 2º lugar, mas as boas exibições e as vitórias frente aos rivais pela qualificação colocariam o Atlético a disputar o 1º lugar com a equipa inglesa, não o conseguindo em virtude de um penálti mal assinalado, convertido por Gerrard nos últimos instantes da partida disputada em Anfield Road e numa altura em que venciam por 1-0. Terminariam o grupo na 2ª posição com 12 pontos, mercê de 3 vitórias e 3 empates, com nove golos marcados e 4 sofridos.
Com um plantel riquíssimo, destaca-se claramente a frente de ataque composta pelo endiabrado Kun Aguero e Diego Forlán, bem auxiliados por Simão à esquerda e Maxi Rodriguez à direita. No meio-campo Maniche tem lugar garantido, assim como o internacional espanhol Raúl Garcia e Paulo Assunção que desertou do Porto este Verão para se juntar aos colchoneros. A defesa será provavelmente o sector mais fraco da equipa, pese embora o investimento neste último mercado de transferências em jogadores como Ujfalusi da Fiorentina, Heitinga do Ajax e Coupet, veterano guardião francês proveniente do Lyon. Prevêem-se duas partidas bastante equilibradas e em que o resultado da primeira mão, disputada no Vicente Calderón, será decisivo para o desfecho final da eliminatória. No entanto, o Porto mêrce da sua maior experiência nestas andanças, tem que se assumir como favorito e encarar esta eliminatória como uma oportunidade de chegar finalmente aos quartos de final, depois das últimas três edições em que se quedou pelos oitavos.
Saiba mais sobre o Atlético de Madrid em http://www.zerozero.pt/equipa.php?id=39

Sem comentários: