17 janeiro 2008

Valores da Liga Bwin

No mercado de Janeiro pretendem-se jogadores que marquem desde logo a diferença e que não necessitem de muito tempo para se adaptarem, a solução pode passar por contratar no mercado nacional, onde existem alguns bons jogadores:

Diego Benaglio- O guarda-redes internacional suíço do Nacional é cobiçado há muito, mas Rui Alves está intransigente em descer a barreira dos 2,5 milhões de euros. O guarda redes é um activo importante na equipa. Seguro e tranquilo, dá segurança a toda a defesa. A Lázio anda aí, veremos se continua depois de Janeiro.

Geromel- Defesa central do Vitória de Guimarães. Um valor de apenas 22 anos que tem rubricado exibições de alto nível na Liga e desperta a cobiça dos "grandes" de Portugal e estrangeiros. O seu passe está inflacionado mas o Vitória necessita de realizar uma venda importante de um dos seus activos, o que facilitará o negócio.

Rodriguez- O possante e sereno internacional peruano, pilar da defesa do Braga é actualmente um dos melhores centrais da Liga. O Braga não está vendedor e julga-se que tenha já recusado uma proposta de 6 milhões de euros. O "el mudo" contudo, deve fazer a sua última época na cidade dos arcebispos, tal a qualidade que demonstra e a cobiça que desperta.

Jorge Ribeiro- Depois da excelente segunda volta que realizou ao serviço do Aves, ninguém esperaria que ficasse desempregado, mas o Boavista encontrou nele o reforço ideal para a lateral esquerda da defesa. Rápido, técnico, raçudo, com um pontapé que tem valido golos e pontos, Jorge Ribeiro arrisca-se a sair já em Janeiro para um "grande" de Portugal.

Rodrigo Alvim- O Belenenses deve ficar de orelhas a ferver sempre que os "grandes" querem contratar um lateral esquerdo, pois em Belém mora um dos melhores a actuar em Portugal. Rodrigo Alvim tem feito um campeonato seguro, tranquilo a defender e forte a subir pelo flanco. Com o Sporting a necessitar de um lateral não são poucos os adeptos que suspiram por Alvim.

Andrés Madrid- O argentino já teve melhores dias em Braga e talvez por isso esta seja a altura ideal para sair. A época passada esteve perto de ingressar no Porto, mas o presidente António Salvador pedia uma exorbitância pelo seu melhor médio. Esta época a concorrência de Roberto Brum e a desmotivação por não ter saído roubaram-lhe o papel de destaque.

Makukula- O gigante e possante avançado internacional português mudou-se para a Madeira decidido a relançar a carreira, depois das graves lesões nos joelhos. A sorte sorriu-lhe novamente, começou a marcar e já leva 6 golos na Liga. Foi chamado à Selecção e teve um papel preponderante no apuramento ao marcar o golo da vitória sobre o Cazaquistão.

Roland Linz- Quem vê a cara de miúdo de Roland Linz não adivinha que é um dos mais mortíferos pontas de lança do futebol português. Até ao momento já leva 8 golos na Liga e 4 na Taça Uefa. Com Linz cada erro da defesa pode significar golo, muito felino move-se no meio dos centrais de forma sorrateira, engana as marcações e esta época vai aproveitando os cruzamentos de Wender para facturar. Um bom ponta de lança, capaz de maiores voos.

Sem comentários: